A cidade...

O município de Jaguari localiza-se no centro-oeste do estado do Rio Grande do Sul, com coordenadas geográficas entre 29º29'49" de latitude Sul e a uma longitude 54º41'24" Oeste, está a uma altitude média de 112 metros.

O município é banhado pelo Rio Jaguari, afluente do Ibicuí e é conhecida como "A Cidade das Belezas Naturais", tem essa denominação devido seu povo hospitaleiro, na qual, preserva muito bem as diversas belezas naturais que ali possui.

A cidade  possui uma população  com cerca de  12 mill habitantes, disposta numa  área de 673,404 km², possuindo  uma densidade de 17,04 habitantes/Km² (IBGE, 2011).

Por que a iniciativa de incentivar o turismo?

    O turismo apresenta um papel muito importante numa cidade, além de influir num maior fluxo de pessoas, também possui o intuito de preservar os aspectos naturais e históricos. Em muitas cidades brasileiras, nos últimos anos, o turismo apresentou a maior ascensão no setor terciário. Fica a critério de cada cidade resguardar os atrativos turísticos (históricos e naturais), a fim de incentivar a vinda de turistas.

E por qual motivo a cidade foi Jaguari?

    Bom, quando se trata de turismo, deve-se escolher cidades específicas, ou seja, locais que tenham atrativos a serem conhecidos. Jaguari é uma delas! Essa afirmação pode ser dita, pelo fato da cidade ser muito bem preservada pelos cidadãos que ali habitam, e com certeza, pelo fato de ser uma cidade com uma riqueza cultural, histórica e paisagística de primeira linha.

Vamos agora conhecer um pouco da cidade:

Pontos turísticos (presentes no mapa temático)
-Pórtico: Local de muita beleza arquitetônica... (leia mais)
-CAPEJAR: Local propício para o camping... (leia mais)
-Ponte Rodoviária: Também conhecida como ponte Júlio... (leia mais)
-Ponte Ferroviária: A ponte foi construída por... (leia mais)
-Museu Municipal: Local propício para conhecimento das... (leia mais)
-Balneário Fernando Schiling: A melhor praia de água doce do... (leia mais)
-Obelisco: A recompensa ao subir o morro é uma linda vista da... (leia mais)
-Igreja Matriz: Com certeza um dos maiores monumentos... (leia mais)


confira AQUI fotos diversas da cidade...

Publicação do trabalho

    Este trabalho já foi publicado em dois eventos:

XVSBSR
XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - Curitiba/PR
3ª Semana da Geomática - Colégio Politécnico da UFSM

Jaguari, "A Terra das Belezas Naturais"

      A economia jaguariense é baseada no setor primário, com destaques para a produção de fumo, arroz, soja, uva e cana-de-açúcar. Há, também, a produção de cachaça e vinho de excelente qualidade. No geral, Jaguari é uma cidade linda e aconchegante de se viver, pois a natureza enriquece o seu cenário turístico, e é esse um dos motivos que realça essa cidade no interior do estado do Rio Grande do Sul.

História da cidade

      Essa terra teve como primeiros habitantes os índios Guaranis. Por volta do ano de 1632 alguns padres se reuniram a fim de fundarem a redução de São Tomé, na qual teve um período muito curto de duração. Essas aldeias sofriam com vários transtornos, entre eles a ameaça de onças, fome, pestes e perigos da invasão dos bandeirantes, esses motivos fizeram com que esse povo, que chegou a possuir 1800 almas, foi com o tempo reduzindo-se. Por volta do ano de 1638, São Tomé se transferiu para a cidade de São Borja.
      Já por volta de 1877 começou a ser povoado a região da Quarta Colônia de Silveira Martins. Pelo motivo do alto índice de pessoas que se transferiram para este local, esses tiveram que ir em busca de novas terras. Assim a região de matas entre São Vicente, Santiago do Boqueirão e Júlio de Castilhos, na qual se chamava Jaguari (nome oriundo do Rio que ali percorria, o Rio do Jaguar) foram sendo desbravadas e dividido às terras. O povo que ali habitou, desde então, foram os poloneses, húngaros, brasileiros, russos, alemães, entre outros.
     Dessa forma, com a colonização, as comunidades iam se formando em meio à mata virgem, construindo suas habitações e plantando suas lavouras. A integração era realizada através da religião, e também eram realizados diversas festas e jogos, dessa forma esse povo ocupou Jaguari e fundaram a cidade em meio a tanta beleza natural que ali havia.
       Já no ano de 1893, o município de Jaguari foi criado por um ato municipal ao município de São Vicente do Sul. Neste mesmo ano foi construída a Igreja Matriz, na qual existe até hoje e possuí como padroeira a Nossa Senhora da Conceição, ela foi concretizada no ano de 1907.
   Em 1899, houve a encampação do serviço de iluminação pública e inauguração da Ponte Júlio de Castilhos, que passa sobre o Rio Jaguari.
    Uma data muito importante ao município foi em 16 de agosto de 1920, onde Jaguari passou a ser considerado um município e ficou constituído por quatro distritos, o primeiro era a sede, o segundo era Santo lzidro, o terceiro era Ijucapirama e o quarto Taquarichim. Essa mesma constituição existe até hoje.

Baseado em: http://jaguari.rs.gov.br/?page_id=54 (Acessado em: 11/06/2010). Join Now!

Contato
 

brunozprina@gmail.com
Fone: (55) 9651-9828

*Aluno do Curso Superior de Tecnologia em Geoprocessamento - UFSM

*Graduado no Curso Técnico em Geomática - UFSM

UFSM Geomática

Download do trabalho de conclusão de curso (Técnico em Geomática) do autor.